terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Trágico

Fechado eu me sinto porque já dei espaço,
agora entrelaço atitudes do passado
para que me torne diferente do que já foi falado,
citado no contrato, enganado pelo fracasso,
jogado aos carrascos com julgamento em atraso,
nesse espaço eu finco meu cajado ensanguentado
pelo sangue derramado dos incapacitados,
respondem por seus atos, mas não são conectados
ao Estado financiado pelo trafico, trágico...
E mágico é ficar no bem mesmo sendo jogado de lado.

Subdivisões em evidência do alto escalão
atormentam e amedrontam os que tem bom coração,
não será em vão toda a negatividade que sentir,
quem espera o tempo está sujeito a progredir,
nunca ira cair, pois não vai mais se iludir
com clausulas perdidas que querem te suprimir.
Reergui das cinzas como uma fênix de fogo,
se a justiça não existe eu vou jogar seu jogo,
hoje eu não me escondo, mas já me escondi,
aprendi, estou aqui, refazer, reaprender, existir,
agora penso em transmitir o que eu sentir,
não quero rejeitar, quero aprender a ouvir.

Eu caminho sozinho quando quero pensar,
até nessas horas tem um pra atrasar,
se vacilar ele rouba o que você foi buscar,
sem pensar, apenas a lei querendo-lhe forçar
a aceitar a hipocrisia sem reclamar
e se não agir de acordo, a lei é te espancar.

As vezes os caminhos se cruzam, assim como as palavras:
ultrapassá-las, misturá-las e saber como passá-las.
independente de virgulas e falhas ortográficas,
o que representa é sua sinceridade em grande escala
de no mínimo querer ajuda-las e isso pouco se fala.
Mesmo que a noite fique clara e a água vire lava
seremos o que somos, não seremos pela pátria,
seremos pelo povo, seremos pela justiça igualitária.

2 comentários:

  1. Boa tarde Guilherrme.. uma linguagem bem forte e envolta por belas rimas..
    a poesia nos liberta.. espero que ela esteja te libertando tb colega de versos.. abração e até smerpe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Samuel

      Com toda certeza esta :)

      Abraços

      Excluir