segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Cinza como seu coração

Aqui em cima estou jogado vendo todos amontoados,
alguns correndo e se matando por míseros trocados,
o cinza da cidade reflete o que somos por dentro,
coração sujo, impuro, escuro, duro como cimento.

Escondido o sofrimento constante em baixo da ponte.
Por de baixo dos panos governantes comandantes,
mentiras constantes, vidas trocadas por montes
e montes de dinheiro que nos corrompe, ele é a fonte.

Fonte da desgraça, da cobiça, da ganância e do egoísmo
compartilhado desde o mundo antigo ao mais novo inimigo,
criando conflitos entre filhos, amigos envolvidos
que se tornam mais um corrompido de espirito maligno.

Tendo o poder na mão de comandar uma nação para evolução,
preferindo que o dinheiro do imposto fique apenas em uma mão,
de preferência na do hipócrita ladrão envolvido em corrupção,
caráter corrompido em prol da ilusão de viver pela razão.

4 comentários:

  1. O mundo cinzento na vida daquelas pessoas gananciosas, mediocres, preconceituosas e corruptas. Grande parte delas, estão envolvidas no poder.

    Abração amigo.
    Dan
    http://gagopoetico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande parte, Daniel, grande parte...

      Abraços

      Excluir
  2. Blog encantador,gostei do que vi e li,e desde já lhe dou os parabéns, também agradeço por partilhar o seu saber, se desejar visitar o Peregrino E Servo, ficarei também radiante
    e se desejar seguir faça-o de maneira que possa encontrar o seu blog, porque irei seguir também o seu blog.
    Deixo os meus cumprimentos, e muita paz.
    Sou António Batalha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado António, ja estou lhe seguindo!

      Abraços.

      Excluir